Anúncios

2 respostas para

  1. Fabio T. Machado disse:

    Boa tarde a todos,

    Apesar de bem resumido, o vídeo é bastente legal e muito importante para o atual momento em que vivemos. Infelizmente muitos jovens e até mesmo adultos mais velhos não conseguem vislumbrar a importância da luta e da resistência política que muitos de nossos antepassados viveram para garantir a liberdade e os avanços vividos por nosso pais hoje. Nossa presidenta Dilma, é um exemplo daqueles que resistiram, com a própria integridade física e moral, aos ataques da ditadura militar. Infelizmente algumas vezes temos que ouvir comentários do tipo “que saudade da ditadura militar” “No tempo dos militares é que era bom”, etc. Porém, a maoiria das pessoas que dizem isto não sofreram na pele as torturas da ditadura. Devemos lembrar que os efeitos da ditadura não foram somente contra aqueles que foram torturados e mortos por ela, mas também de todos os brasileiros que até hoje sofrem com os efeitos econômicos desastrosos daquele período em muitos chamaram do “milagre econômico”, milagre para o bolso da elite que dominava o país.
    Ainda na minha adolescência, quando ainda não votava, assistimos a primeira eleição direta no país, onde o candidato das elites e da ditadura, Sr. Fernando Collor, “o caçador de marajás”, foi eleito através do maior golpe eleitoral que já vimos, montado pela elite dominante do país, entre eles a mídia nefasta que dominava a opinião pública, (Organizações Globo, revista Veja, O Estadão, a Folha de São Paulo, entre outros). Naquela época, ainda sob forte domínio da ditadura, o então líder sindical LULA, com forte apoio popular foi derrotado em um estratagema montado pela Globo no último debate eleitoral, entre outras falcatruas montadas para derrubá-lo. Ainda me lembro como se fosse hoje, pessoas que eram meus amigos me diziam: “…é um absurdo, você um rapaz inteligente e católico, apoiar um candidato como o LULA, comunista, comedor de criancinhas. Ele vai fechar as Igrejas, vai desapropriar as terras de todos os produtores rurais, vai proibir os cultos religicosos no Brasil, vai obrigar vc a aceitar outra família morando na sua casa, etc…”. Já naquele tempo eu tentava convencer, em vão, do contrário. Porém, após vários anos, com a eleição do LULA, o que vimos foi exatamente o contrário. Agora na última eleição, novamente o mesmo discurso: “a Dilma é a favor do casamento gay, é a favor do aborto, etc, etc). Tentaram trazer o discurso político para o discurso religioso. Felizmente ela foi eleita e está conseguindo provar o contrário, ou seja, fortalendo a democracia e as liberdades individuais, que foram tolhidas na ditadura e que o povo brasileiro tanto lutou para tê-las de volta.
    Agora precisamos ter em mente que liberdade pressupõe respeito aos direitos alheios. Respeito as liberdades das minorias. Respeito ao direito de culto. Respeito ao direito de livre manifestação política e cultural, entre outros direitos.
    Liberdade não é fazer valer os meus direitos em detrimento dos direitos alheios, isto é ditadura.
    Agora, neste ano eleitoral, façamos mais uma vez valer a nossa liberdade e cidadania. Façamos valer o nosso voto, sem cabrestos, sem currais eleitorais, sem trocas por favores pessoais, sem trocas por cargos públicos, sem trocas por nada… Que nosso voto seja movido apenas por nossa consicência cidadã.
    Um abraço ao amigo Zé Carlos, que apesar de muito criticado por algumas pessoas, ainda dá demonstrações de cidadania, coisa rara hoje em dia.

  2. lovantino disse:

    Companheiro Fabio,
    Obrigado pelo comentário, realmente sou muito critica, muitas pessoas ainda não intenderam a real missão que temos neste mundo, sou diferente num mundo onde as pessoas estão acostumadas a serem iguais.
    Esse video mostra que o nosso passado foi um pesadelo, mostra que naquela época, graças a Deus tinha pessoas preocupadas e insatisfeitas com o “cala boca”, lutaram, muitos foram mortos e expulsos do país, mas graças a Deus venceram.
    A ditadura foi uma marca negativa para o nosso país, mas foi também uma demostração de força e amor de muitos que lutaram contra ela.
    É triste ver que em muitos lugares, principalmente em nossa cidade pessoas ainda falam e chamam os revolucionários de “guerrilheiros” e comunistas, esquecem que por causa deles hoje somos livres, podemos falar o que quisermos, vivemos num país democrático.
    Viva a liberdade de expressão, viva a democracia, viva os revolucionários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: