Homem mata garçom em Reduto por causa de uma pinga e uma cerveja

Júlio Cesar Lacerda Feuchard, 32 anos, matou o garçom, Charles da Costa Gomes, 19 anos, no bar Rola Papos, em Reduto, por volta de 22:30 desta segunda-feira, 20. O motivo: ele queria sair sem pagar a conta de uma cerveja e uma pinga.

Segundo a Polícia Militar, testemunhas contaram que Júlio César foi até o bar, tomou uma cerveja e uma pinga e queria sair sem pagar. Ele começou a discutir com duas pessoas, em seguida sacou um revólver, fez ameaças e voltou a colocar a arma na cintura. Charles se aproximou e voltou a cobrar a dívida. O autor pegou o revólver e atirou cinco vezes.

O garçom foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Manhuaçu, mas chegou sem vida. Júlio César fugiu em uma motocicleta em direção ao Espírito Santo.

MARGINAL É PRESO

A Polícia Militar descobriu que o autor estava hospedado numa pousada em Reduto. No local, obteve informação de que ele apanhou sua bolsa, que já se encontrava arrumada, e saiu em alta velocidade.

Foi realizado cerco e bloqueio no trevo de Martins Soares. Uma equipe da PM conseguiu prendê-lo, mas na hora da identificação apresentou documentos como sendo Carlos Gomes Ribeiro. A polícia então levou uma testemunha do homicídio e ele foi reconhecido.

Os documentos dele eram todos falsificados. A data de nascimento da identidade é diferente da Certidão de Nascimento, o carimbo do Certificado de Reservista está debaixo da foto e na Carteira de Trabalho consta que ele nasceu em Guaçuí (ES), enquanto no RG em Iúna (ES).

A Polícia Militar do Espírito Santo relatou que Júlio é autor de vários roubos a mão armada de cargas e ônibus naquele estado.

O autor do homicídio foi encaminhado preso para a delegacia de Manhuaçu.

Fonte: Carlos Henrique Cruz – portalcaparao@gmail.com

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: