Prefeitura volta o rio para o leito de origem e libera estrada para Caparaó

A Prefeitura de Alto Caparaó contratou nesta segunda-feira,09,  uma draga para voltar o rio para o leito antigo no Campo do Sapé e assim liberar a estrada sentido Caparaó que estava fechada desde quinta-feira.

Segundo os moradores mais antigos, o Rio passava no passado longe da estrada com o tempo ele foi desviado para perto da estrada e com as chuvas fortes dos últimos anos começou a assorear a estrada e transbordar no período de enchentes.

Segundo o Prefeito Juninho Jacomel que acompanhou de perto o trabalho da draga, o serviço era necessário para liberar a estrada e evitar novos alagamentos.

Segundo o Secretário Municipal de Turismo, Meio Ambiente e Coordenador da Defesa Civil Municipal, José Carlos Lovantino, a Prefeitura protocolou um ofício no IEF baseado na Deliberação Normativa COPAM nº 76, de 25 de outubro de 2004. A Prefeitura vai fazer a intervenção na área de preservação ambiental e depois irá providência a licença ambiental.

Muitos populares acompanharam o serviço, alguns disseram que a volta  do Rio para o leito antigo vai trazer tranquilidade para os moradores, que nas noites de chuva forte não dormiam com medo o Rio transbordar.

O Vice-prefeito José Gomes, disse que a Prefeitura estava tentando a mais de dois anos voltar o Rio para o leito normal, mas o proprietário não queria dar anuência para a licença ambiental, agora, o serviço está sendo feito em caráter de emergência para preserva a vida das pessoas que utilizam a estrada.

Anúncios

One Response to Prefeitura volta o rio para o leito de origem e libera estrada para Caparaó

  1. Bastiao disse:

    Isso é atitude,
    Parabenizo a Prefeitura pela iniciativa e coragem de rapidamente resolver o problema, temos noção que a interrupção da estrada é caráter de emergência e deveria ser resolvido o mais rápido possível. A Prefeitura em poucos dias resolveu, isso foi importante.
    O dono da propriedade parece que está entrando na justiça dizendo que a Prefeitura invadiu o terreno, que terreno? A Lei é muito clara, 30 metros do rio pertence ao rio.
    O dono do terreno deveria ser mais respeitoso com a população do Caparaó e Alto Caparaó, mesmo sabendo que a Prefeitura fez o trabalho para não deixar a estrada interditada, mesmo assim ele denunciou a Prefeitura, isso que é gostar de terra, isso que é ser uma pessoa que não está nem ai para o bem comum. Diz o ditado: quanto mais tem mais quer.
    Na minha opinião a Prefeitura não invadiu, ela fez o que tinha que fazer, se precisar de testemunhas estamos aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: